o cair das folhas

O cair das folhas – Curta Metragem

Se você se interessa por cinema e gosta de roteiros comoventes, nós temos uma dica para você. O cair das folhas é um curta metragem de 1912. Ele foi dirigido por Alice Guy Blache.

Antes de mais nada, acho que devemos falar um pouco sobre Alice Guy Blache. Se você não conhece esse nome é por que a história tem o costume de ser injusta com as mulheres. Mas já é tempo de mudança!

Leia também: Metrópolis – Literatura e cinema

Ela foi a criadora do primeiro filme de não ficção do mundo. Feminista, escreveu obras que retratavam o sufrágio feminino, mas também escreveu outros estilos, inclusive fantasia.

Infelizmente, ainda em vida percebeu que seu trabalho estava sendo esquecido. Por isso, não conseguiu trabalhar no cinema depois de ter se divorciado.

Então Alice se dedicou à escrita de livros infantis. Mas dessa vez adotou um pseudônimo masculino para a publicação.

O cair das folhas – Enredo

O cair das folhas foi o primeiro filme da Alice Guy Blache que eu vi. Ele conta a história de uma menina chamada Trixie.

“Após ouvir o diagnóstico de um médico, a pequena Trixie Thompson acha que precisa impedir as folhas do outono de caírem para salvar a própria irmã. Ela, então, arma um plano para impedir o fim da estação”.

O cair das folhas

Como um bom fruto de seu tempo, “O cair das folhas” tem falhas. Não estou falando na técnica cinematográfica, mas em aspectos da história que podem te fazer pensar “precisava disso?”.

Mas é preciso lembrar que nós estamos no século XXI e estamos assistindo a uma obra de uma pioneira do cinema. Portanto, também é necessário observar com um olhar que aceita o contexto histórico.

Apesar disso, O cair das folhas é uma obra muito bonita. Isso pode ser percebido pelo enredo e o filme não decepciona. Pelo contrário.

A pequena Trixie nos arremata em alguns segundos e é capaz de nos manter presos a ela por muito tempo.

Se interessou?

https://www.youtube.com/watch?v=Jamw8aAvckc

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *