Noites de Cabíria

Noites de Cabíria – clássicos do cinema

Noites de Cabíria é um clássico do cinema italiano. Dirigido por Federico Fellini, o filme foi lançado em 1957. Você já viu essa obra prima?

A classificação etária do filme é 16 anos. Ele tem duração de 1h58, mas você nem vê o tempo passar durante a exibição. Além de ser uma história muito boa, o filme também é muito poético.

Leia também: Doze homens e uma sentença

Portanto, não pense apenas em algo esteticamente bem feito, mas sim uma obra que em todo seu conjunto é muito bonito.

Noites de Cabíria – Enredo

Giulietta Masina interpreta Cabíria, uma prostituta que ganha a vida nas ruas de Roma em meados dos anos 50. Ingênua e romântica ela sonha com o amor perfeito e acredita na bondade das pessoas.

Por isso, sofre constantemente desilusões. Em suas andanças pela noite romana, ela se envolve com um astro de cinema em crise conjugal. Além disso, ela se apaixona por um contador, que parece amá-la de verdade.

Será que o destino só guarda desencantos para a pobre Cabíria? Proibida à época do lançamento nos cinemas pela Igreja Católica.

Acompanhando Cabíria

O filme é uma obra poética das mais sensíveis que eu já tive o prazer de visualizar. Nesse filme nós temos uma história de esperança. Cabíria é uma mulher esforçada, uma prostituta que sonha com uma vida melhor.

Ela trabalha, junta dinheiro e consegue aos poucos conquistar bens materiais necessários, como uma casa.

Por isso, acho justo dizer – e Cabíria descobre isso no decorrer da história – que ela não é uma miserável. Mas é uma mulher sem amor.

Dizem que nosso amor sonho é ser amado “apesar de nós mesmos”. Não concordo com essa visão, mas é exatamente isso que ela procura. Ser amada apesar de tudo, apesar da prostituição.

Mas será que algum homem vivo em 1957 é capaz de algo assim?

Cabíria é dona de si, uma mulher forte e batalhadora. Ela é a heroína do filme e sua história merece ser contada.

Se interessou?

Telecine Play

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *