mulheres

Mulheres – Leitura e ilustração

Mulheres é sobre o que?

Mulheres é um lindo projeto da ilustradora e designer gráfico Carol Rossetti. Esse projeto é sobre nós, mas sem deixar de lado nossas particularidades. Afinal, somos bem diferentes!

Por isso, antes de mais nada, vamos começar esse texto com as palavras da própria Carol. Essas palavras estão na parte de trás do livro. Mas antes, acho importante falar o subtítulo da obra: Retratos de respeito, amor-próprio, direitos e dignidade.

“Existem negras, brancas, morenas, latinas, asiáticas, indianas, indígenas. Existem engenheiras, donas de casa, prostitutas, senadoras, artistas, executivas, atrizes. Há mulheres cegas, surdas, mudas. Mulheres bipolares, deprimidas, ansiosas.

Existem heterossexuais, lésbicas, bissexuais, arromânticas, pansexuais, assexuais. Mulheres cristãs, ateias, budistas, islâmicas.

Há mulheres que não são ativistas, que nunca ouviram falar em feminismo, que nunca discutiram racismo. Mulheres que lutam de formas diferentes, a partir de ideias que não conhecemos. Existem mulheres que têm vergonha de compartilhar suas escolhas por medo de serem julgadas. E mulheres que discordam de tudo isso que eu disse até aqui.

Cada uma tem sua própria história, e acredito que todas elas merecem ser ouvidas e representadas. Minha abordagem será abrangente, convidando todos os que dividem comigo essa ideia de liberdade a celebrar a diversidade do ser humano”.

Minha experiência

Eu não conhecia o projeto, mas me apaixonei por ele bem rápido. O livro foi um presente de aniversário há alguns anos – agradeço a meus amigos por isso – e já foi lido mais de uma vez. É bom revisitá-lo.

Aliás, é preciso dizer que o projeto pode ser consumido de forma gratuita, por meio do site da Carol. Entretanto, comprá-lo é uma forma de ajudar o trabalho da artista e, além disso, é uma ótima forma de compartilhamento.

Não sei vocês, mas eu gosto muito da possibilidade de dividir um livro. Com a obra física também há a possibilidade de marcar o que mais te marcou. Por isso, eu também amo post-it.

A leitura da obra é bem rápida, mas suas ilustrações são tão ricas que te prendem.

É bom sempre lembrar que mulheres são diferentes e que você não precisa de rótulos. Aliás, também é sempre bom lembrar das nossas lutas comuns e das que são particulares.

Se interessou?

Amazon

Editora Sextante

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *