Califórnia

Califórnia – um filme por Marina Person

Califórnia

Marina Person é muito conhecida por ter sido VJ da MTV. Porém, ela não fez só isso na carreira. Além de outras coisas, ela dirigiu o filme Califórnia, lançado em 2015.

Califórnia é um livro que gira em torno de adolescentes. Porém, ele foge de uma série de clichês. Aliás, ele é um retrato bem verdadeiro da descoberta da sexualidade.

Uma coisa diferente daquilo que nós costumamos ver. Não se trata de meninas disputando um garoto. Pelo contrário, as amizades femininas são bem reais.

As paixões adolescentes acontecem. O sexo acontece. Entretanto, as experiências são bem diferentes para cada personagem.

Enredo

Anos 80. Clara é uma adolescente com um sonho, ir para a Califórnia, onde seu tio mora. Por mais que a ditadura militar não seja abordada de forma direta, ela está presente, nesse tio militante que não pode morar com a família.

Clara está em plena descoberta do seu corpo feminino, dos seus gostos e da sua relação com o sexo. Porém, as coisas não são sempre aquilo que ela deseja que elas sejam.

Especialmente quando, perto de sua viagem, seu tio anuncia que está retornando para o Brasil por estar doente.

Um amor chamado Califórnia

É muito fácil entender o amor que a Clara sente pela Califórnia. Além disso, é muito tranquilo compreender tudo pelo que essa menina passa no decorrer da obra.

O pai que a trata como criança, o tio tão amado, mas tão distante. Além disso, as amigas tão queridas, mas tão diferentes dessa menina. Ou seja, também é uma obra que mostra uma jovem que desenvolve a própria identidade, que é diferente das suas amizades de infância .

Se você não gosta de filmes sobre a ditadura, não precisa se preocupar também. Como eu disse, em Califórnia ela é um plano de fundo, não o personagem principal.

Curtiu? Não? Quer sugerir algo? Envie email para [email protected]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *