aos meus amigos

Aos meus amigos – Maria Adelaide Amaral

Eu acredito que as coisas acontecem conforme a vida nos encaminha. Eu li o livro “Aos meus amigos”, da Maria Adelaide Amaral em 2013. Mas eu já tinha vontade de ler essa obra há muitos anos, desde que eu assisti à minissérie “Queridos Amigos”.

O que aconteceu foi que eu procurei muito esse livro – já adianto que não é fácil acha-lo em livrarias físicas. Entretanto, o livro, publicado pela editora Globo pode ser encontrado pela internet.

Depois de muito tempo procurando, eu fui fazer entrevista em uma livraria de São Paulo. Pra variar eu cheguei exageradamente cedo e, por isso, aproveitei para passear pela livraria. Acabei encontrando o livro e comprei.

Melhor coisa, um dos poucos que eu consegui ler em um ônibus. Aliás, eu preciso dizer que, da primeira vez, eu li em 24 horas.

Enredo

Os personagens da obra “Aos meus Amigos”têm uma relação muito forte com a Ditadura Militar. Baseado em fatos reais da vida da autora, a obra gira em torno de uma morte. A turma de amigos – que não se veem há anos – volta a se encontrar depois do suicídio de Léo.

Em seu reencontro, eles percebem quanto tempo perderam e, além disso, o quanto se perderam no decorrer dos anos.

Transcrevo agora, o que diz a contra capa do livro:

”  – Sinto saudade do tempo em que a gente era amigo.

– Eu também. Tenho saudade das piadas idiotas, da vida de todos passada a limpo, daquela espécie de adolescência revivida, do afeto que nos unia, da família que éramos. Quando nos separamos, eu perdi a família.

Nós temos que ficar juntos. Nós, que apesar de todas as diferenças nos queremos tanto, por tudo o que vivemos, pela cumplicidade que muitas vezes não é verbal, mas que se expressa na nossa afetividade, na agressão, no carinho que temos uns pelos outros, que é o carinho pela nossa juventude, nós não podemos romper, nos afastar.

– Que grande teatro! O que será que o Léo diria de tudo isso?”

Igual à minissérie?

A minissérie da globo foi transmitida em 2008 e teve 25 capítulos. Por mais que a própria Maria Adelaide Amaral tenha feito a adaptação, elas são bem diferentes. Entretanto, acredito que nesse caso não é uma situação de “qual é melhor”. As diferenças se dão pelo fato de que são duas obras apresentadas em mídias diferentes.

Aos meus amigos
Elenco da Minissérie Queridos Amigos, baseada na obra Aos meus amigos

Alguns personagens importantes da série, como a Vânia (Drica Moraes) e a Raquel (Maria Luiza Mendonça) são apenas citadas no livro. Mas isso é muito compreensível, pois as duas obras passam em momentos diferentes. Como foi dito no enredo, no livro, o Léo já está morto.

Por isso,é uma daquelas obras que permite que o espectador goste de ambos os formatos. Cada um em seu respectivo ‘mundo’.

Particularmente, eu gostei de ambas as obras. Mas acho que o livro foi o que me “pegou” mais. Não sei, talvez a diferença de idade ao consumir as duas obras tenha sido decisiva nessa equação. Talvez eu devesse assistir à minissérie novamente.

O que eu sei é que ao terminar, esses amigos, que são tão fudidos e, às vezes deprimentes, também eram um pouco meus.

Só quero deixar claro que não é uma obra exatamente feliz, aliás, acho que é o contrário. Ele é seco e desesperançoso. Alguns dos amigos são uns merdas e você nem entende o motivo de eles fazerem parte do grupo. Mas é só assim, foi só isso que a vida pode oferecer pra cada um deles. Foi só isso o que eles puderam abraçar, afinal de contas, a ditadura também não foi gentil com essas pessoas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *