ditadura militar

5 músicas marcantes da Ditadura Militar

Músicas da Ditadura Militar

Como a ditadura militar está completando 55 anos. Não é motivo de comemoração. Entretanto, é uma data que sempre deve ser lembrada. Afinal de contas, a história não pode ser esquecida, pois só assim não será repetida.

O período foi terrível para o Brasil. Entretanto, a produção cultural da pátria foi extremamente fértil. Tanto que as músicas da época continuam marcando gerações. Por isso, acredito que seja momento de criar um post com cinco músicas que marcaram essa época.

Obviamente, existem muitas outras. A quantidade de canções geniais dessa época é absurda, por isso, foi necessária fazer determinadas escolhas. Mas fiquem a vontade para deixar nos comentários ou enviar no [email protected] outras canções.

 1 – Chico Buarque – Apesar de você

Não poderia ter escolhido outra. ‘Apesar de você’ é uma música que fala sobre esperança. Sobre o fato de que apesar da existência dos militares, as pessoas ainda poderiam ser felizes. Que, no futuro, a música ainda sairia vitoriosa e todo mundo que foi expulso poderia voltar pra casa.

2 –  Geraldo Vandré – Pra Não Dizer Que Não Falei das Flores

Uma das músicas símbolos da resistência. Como a canção diz, de forma bem clara, somos todos iguais. Independente da sua forma de luta, ou do seu estilo de trabalho.

“Nas escolas, nas ruas

Campos, construções

Somos todos soldados

Armados ou não

Caminhando e cantando

E seguindo a canção

Somos todos iguais

Braços dados ou não”

3 – Elis Regina – O Bêbado e o Equilibrista

Essa música também é considerada um hino, mas nesse caso, é o Hino da Anistia. Elis Regina escreveu e encantou o mundo com uma canção que celebra o retorno de todos aqueles que foram expulsos do país. Fala do choro das mulheres que tiveram maridos assassinados, de quem sente saudade.

4 – Caetano Veloso – Alegria, Alegria

Uma das músicas mais poéticas da nossa lista. Ele fala de uma forma, que não diz as coisas diretamente. Mas, por exemplo, no post sobre ditadura militar, eu escrevi que não podia andar pelas ruas sem documento. E é exatamente isso que o “eu lírico” faz na canção. Além disso, ele crítica as grandes marcas e propagandas que serviam para alienar a população.

5 – Gilberto Gil e Chico Buarque – Cálice

Além da versão de Gil e Chico, essa música também é famosa na voz de Milton Nascimento. Usando a imagem de um cálice, sagrado na religião, eles falam do cale-se. Por isso, a canção é como uma oração:

“Pai, afasta de mim esse cálice

De vinho tinto de sangue”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *