miss saigon

Miss Saigon – assistir teatro na televisão

Sou daquelas pessoas que assistem teatro pela televisão. Hoje, eu resolvi falar do mais recente, Miss Saigon, disponível no Netflix.

Frequentadores de teatro dizem: assistir teatro pela televisão nunca vai ser a mesma coisa. Concordo. O teatro tem uma energia que só o teatro pode te oferecer, nunca vai ser a mesma coisa.

Entretanto, eu amo musicais. Ver uma peça na Broadway e em West End são dois sonhos muito fortes para mim. Porém que, por condições financeiras, eu ainda não fui capaz de realizar.

Essa é a situação da maior parte da população brasileira. E é aí que entram os musicais gravados no teatro.

Como eu disse, tem uma energia que a televisão não passa pra você, mas é melhor do que nada.

Eu já assisti a uma série de musicais gravados em teatro (Billy Elliot eu vi ao vivo e no teatro, e reforço que não é a mesma coisa). Porém não acho que seja justo dizer que não vale a pena.

Miss Saigon

O musical começa durante a Guerra do Vietnã. Um soldado americano e uma prostituta do vietnamita – em sua primeira noite – se apaixonam. Os dois se comprometem e o jovem soldado promete levá-la aos Estados Unidos.

Entretanto, a Guerra acaba e uma confusão separa-os. Anos depois, ela ainda espera por seu soldado. Mas, ele está casado com uma mulher americana.

Eles voltam a se encontrar no Vietnam. Será que ainda existe chance para esse amor?

Aniversário de Miss Saigon

A versão disponível no Netflix é a gravação para DVD. A apresentação escolhida para que a filmagem fosse realizada foi, como em boa parte dos musicais, o aniversário da obra.

Miss Saigon, escrita por Claude-Michel Schönberg e Alain Boublil – responsáveis também pelo musical “Os miseráveis” – completava 25 anos.

Por isso, além do próprio musical, os espectadores também são agraciados com apresentações especiais do elenco original. Dentre eles, a maravilhosa Lea Salonga, que continua com a voz tão incrível como antes.

Para quem não se lembra muito da Ms. Salonga, ela foi a responsável por interpretar a Cosete no aniversário de 10 anos de “Os miseráveis” e a Fantine, no aniversário de 25 anos do mesmo musical.

Durante as 2h50 de apresentação “Miss Saigon” enche os olhos do espectador. Para mim, o momento mais especial é a canção “Bui Doi”, que se refere às crianças nascidas dos relacionamentos entre soldados americanos e a mulheres vietnamitas.

Essas crianças eram, no Vietnam frutos de uma traição à Pátria. Enquanto isso, nos Estados Unidos, elas eram crianças vietnamitas. Sem pátria, eles foram conhecidos como “Bui Doi”, termo que significa “o pó da vida”.

O vídeo a seguir é de uma apresentação especial da música feita pelo elenco de West End.

Espero que vocês gostem do musical. Deixem suas impressões nos comentários, ou enviem para [email protected]

Até mais,

Thaís Dias.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *