O lobo atrás da porta

“O lobo atrás da porta” – um filme com uma realidade bem cruel

Já passou da hora de nós falarmos do cinema nacional. Para começar, quero falar sobre o filme “O lobo atrás da porta”, que tem direção e roteiro do Fernando Coimbra.

Lançado em 2013, o filme é baseado em fatos reais, mas muda o nome de todos os envolvidos no caso. Apesar de muitas pessoas não conhecerem, o caso da “Fera da Penha” teve muita repercussão nos anos 60. Inclusive, a história foi apresentada no programa criminalístico da rede globo “Linha Direta”.

Sinopse

Sylvia (Fabiula Nascimento) vai buscar a filha na escola. Ao chegar lá, a menina foi levada por outra mulher. Sylvia e o marido, Bernardo (Milhem Cortaz), vão até à delegacia. O delegado (Juliano Cazarré) os interroga separadamente e não demora para descobrir que quem levou a menina Rosa (Leandra Leal). Rosa e Bernardo são amantes e, em seus depoimentos, eles deixam claro que nem todo relacionamento é saudável.

O filme

“O lobo atrás da porta” é um filme audacioso. Qualquer pessoa com acesso à internet consegue encontrar detalhes sobre crime, inclusive como tudo terminou. Mas mesmo assim é uma obra que consegue prender a atenção do espectador.

O drama é apresentado por vários pontos de vista. Para isso, o filme faz uso de repetições de cenas, mas sem se tornar cansativo. Você descobre o que Rosa pensa, o que Bernardo acredita, tudo o que Sylvia não sabe.

Ao mesmo tempo, você se lembra do fato de que tudo é dito em depoimentos. Ou seja, você não tem como saber se nada é real. Quem está contando a verdade? Como foi que as coisas realmente aconteceram? Será que qualquer uma das ações tem perdão?

Na obra, a Fera da Penha se torna mais humana, menos fera. Ainda assim, o espectador não é levado, em momento algum, a perdoá-la.

A verdade é que o filme mostra vítimas e algozes. E, entre as decisões de adultos que buscam prazer e felicidade estava uma menina de 4 anos. A mais inocente de todos eles.

Repito, é fácil descobrir o que aconteceu com a menina. Mas não recomendo que você o faça sem ver o filme. Em sua estreia na direção, Fernando Coimbra mantém o suspense de forma impecável.

Onde está a menina? O que foi feito com ela? Sylvia também tinha um amante? O que Rosa quer com a criança? Bernardo sabia de tudo?

Para descobrir essas respostas, só assistindo ao filme!

Quer falar sobre os posts ou dar dicas de pauta? É só enviar um email para [email protected]

Até mais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *